Tróia - (2004): Sinopse, Resumo e Trailer

O filme Tróia é considerado por muitos como um dos melhores filmes já feitos, é o filme perfeito para quem gosta de mitologia grega, guerra e romance.

Loki (Deus do Fogo)

Loki é considerado o Deus do fogo, da trapaça e travessura e também um dos mais importantes da mitologia nórdica.

Deimos, o deus do pânico

Existem dois deuses que você nunca irá querer conhecê-los pessoalmente, um deles é Deimos.

Odin! Deus da sabedoria, da guerra e da morte.

Odin é filho de Borr e da Jotun e é considerado um dos primeiros Deuses da Mitologia Nórdica, e também considerado o mais importante desta saga.

Nice, a deusa da vitória

Era filha de Palas(titã da guerra) e Estige(ninfa e um rio do mundo inferior), foi irmã de Cratos(o deus do poder), Bia( a deusa da violência) e de Zelo(o deus da fúria).

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Caos, o deus da confusão e da desordem

Caos

Hoje vamos estrear as postagens sobre mitologia grega, e nada melhor do que começar com o primeiro deus a aparecer nesse Universo, o deus primordial Caos.

Escrever sobre o deus mais antigo de todos não é nada fácil, sabe-se que depois de muitas complicações sobre a natureza divina de Caos, finalmente chegaram a teoria de que ele é a mistura dos elementos em estado de confusão que compõem o Universo. Isso significa que Caos governava o Universo numa desordem inexplicável, era uma época difícil para todos, onde parecia não ter chão em lugar algum.

Agora imaginem o mundo hoje em dia no maior caos, uma desordem total e as pessoas tendo filhos no meio de uma confusão toda. Imaginou? Que bom, pois mesmo diante de toda essa desordem do universo, Caos teve dois filhos assexuadamente: Nix, a personificação da noite, e Érebo, a personificação da escuridão. Um erro comum de achar em vários blogs pela internet e que muitos adoram insistir nesse erro é que, todos dizem que Caos era pai de Tártaro e Eros, mas pode desconsiderar tudo, pois eles eram apenas irmãos enquanto Nix e Érebo eram seus únicos filhos.


Alguns poetas definiram Caos como um ser masculino e feminino e um ser representado por uma grande força sem forma, essas são umas afirmações que podem ser verdadeiras. Mas todos os dias surgem novas versões para tudo o que existe no mundo, e nas mitologias é a mesma coisa.

Existem vários fatos, alguns reais e outros exagerados, e também existem várias discussões, e uma delas é sobre Caos ser uma divindade ou não. O que vocês acham?

E até a próxima!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Jornal Mitológico!



Não sei como começar, poderia ser com um simples “Olá, sejam-bem vindos ao Jornal Mitológico!”, talvez eu pudesse falar sobre as minhas expectativas sobre esse blog ou talvez falando sobre algum deus, mas acho que vou juntar tudo só que de uma forma mais expressiva. Vamos lá:

OLÁ, SEJAM BEM-VINDOS AO JORNAL MITOLÓGICO!

Agora vamos falar sobre as minhas expectativas aqui, e de primeira já quero deixar claro que independente do número de leitores, nada mudará. Tudo bem, mas como assim? Se eu tiver 0 continuarei postando com a mesma animação que estaria postando com 10, 50, ou 100 leitores.

E como eu sei que devem estar pensando “mais um blog onde tudo é tirado do wikipédia e outros sites”, mas não, tudo vem de livros, documentários e tudo o mais. Talvez de alguns sites confiáveis nós possamos pegar algumas versões diferentes para fazer uma comparação, pois tudo antes de ser postado tem que ser comparado para ver se não são apenas besteiras escritas por pessoas que não sabem do assunto.

“Quais dias teremos novas postagens?” Acho que como é o início ainda, postarei sempre que tiver tempo, e quem sabe depois de algum tempo eu defina o dia das postagens.

“E aí cara, vai ficar nessa de blogspot.com ou vai comprar um domínio?” : Calma, já tivemos um domínio antes “.com.br”, então logo teremos de novo.

“Tivemos?”: Sim, esse blog é de 2009 e de repente enquanto estava lendo um dos meus livros de mitologia grega, lembrei e resolvi voltar com o blog.

“Tem lugar para mais alguém?”: Mas é óbvio, quem consegue lidar com isso sozinho?

E até a próxima!