quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Frodo Bolseiro


A postagem de hoje é sobre Frodo Bolseiro, herói da Terceira Era, um hobbit comum, que acabou sendo o herói mais inesperado de todos. Ao contrário dos outros heróis, que tinham força ou inteligência, Frodo não é um personagem ícone de herói, mas é está sem dúvida no mesmo nível que vários outros grandes heróis como Húrin e Fingolfin.

Filho de Drogo e Prímula, Frodo ficou órfão quando seus pais se afogaram em um passeio de barco no Rio Brandevin. Algum tempo depois ele foi adotado como herdeiro por seu tio Bilbo Bolseiro, e veio morar em Bolsão.




Quando Bilbo parte para com os elfos, Frodo é dono de Bolsão por algum tempo, e também do anel mágico de seu tio, que ambos não sabiam ser o Um Anel de Sauron. Oito anos depois, Gandalf vem até o condado e conta a Frodo que ele precisa ir até Mordor destruir o Um Anel, para assim salvar a Terra Média.

Frodo resolve partir do Condado, levando consigo seu fiel amigo Samwise Gamgi, e também Meriadoc Branquebuque e Peregrin Tûk. Depois de testemunhar o terror dos Nazgûl, reis dos homens corrompidos por Sauron, Frodo, Sam, Merry e Pippin chegam a Valfenda, onde reencontram Bilbo. No conselho de Elrond, após juntar todas as informações de todas as partes aliadas, fica decidido que a Sociedade do Anel, formada por Frodo, Sam, Merry, Pippin, Legolas (filho de Thranduil, Rei da Floresta das Trevas), Gimli (filho de Glóin), Boromir (filho de Denethor, Regente de Gondor), Aragorn (filho de Arathorn, herdeiro de Gondor) e Gandalf, o Andarilho Cinzento, deveria levar o Um Anel até Mordor e jogá-lo na Montanha da Perdição, para destruí-lo.

Depois de provações que incluem passar por Moria, enfrentar um balrog e muitos, muitos orcs, Frodo acaba rompendo a Sociedade e parte com Sam pelas Emyn Muil. Lá eles encontram Gollum, o portador anterior do anel, que acaba tentando matá-los mas acaba por guiá-los até Mordor.

No fim Frodo acaba chegando em Orodruin (Montanha de Perdição), mas acaba não tendo a força suficiente pra jogar o anel no fogo. Ele é um dos poucos heróis que no final não consegue se orgulhar da história, porque ele não foi o responsável pelo bem do mundo. O Um Anel acabou crescendo dentro da sua mente, e no fim ele era importante demais para poder ser destruído, pois era isso que o anel fazia: ele tomava conta de seu dono, pois tinha vontade própria.

   Frodo interpretado por Elijah Wood, dentro da montanha da perdição


Ele ganhou bastante destaque por ser pequeno, não cheio de corajem ou força, não provido de uma mente extremamente inteligente ou de algo que o diferenciasse dos outros. Sua maior características foi que ele aceitou o fardo que caiu sobre ele, e fez o que era preciso sem fugir, aceitando o destino e fazendo o necessário mesmo sabendo que isso provavelmente o consumisse.

No fim, Frodo e Bilbo foram no último barco dos elfos que partiu da Terra Média para a terra abençoada de Aman, e o peso que não o tinha abandonado memso após a destruição do anel provavelmente foi curado, uma vez que ele esteve frente a frente com os poderes. :)

0 comentários :

Postar um comentário