sábado, 11 de maio de 2013

A criação


Caso algumas pessoas ainda estejam um pouco perdidas no mundo de Tolkien, aqui vai uma postagem sobre o começo dos tempos e os Valar (que podem ser comparados aos deuses).

Semelhantemente ao Cristianismo e á Mitologia Grega, o mundo começou do nada. O mundo não. No início havia apenas o Vazio, e no Vazio havia Eru, que dentre os elfos é conhecido como Ilúvatar. Eru é um ser sem forma, onipotente e onisciente, em semelhança ao Deus cristão. Talvez isso tenha vindo inclusive da família cristã de Tolkien.

Eru criou a partir de seu pensamento, os Ainur, seres de enorme poder, porém inferior ao do mesmo. Então Eru sugeriu três temas para que os Ainur cantassem, e eles cantaram e encheram o Vazio, mas acabou que a partir dessa canção, Arda (a Terra) foi criada, e passou ao controle de alguns Ainur para exercer a vontade de Ilúvatar.




Assim foi criado o mundo tolkeniano, mas até a chegada dos elfos houve muitas coisas, belas criações e terríveis guerras, pois dentre os Valar (Ainur que desceram até Arda) havia um que era o mais poderoso, o mais cruel, e o único que havia discordado de Eru, seu nome era Melkor.

O líder dos Valar se chamava Manwë, esposos de Varda, e juntamente com os outros eles criaram o mundo como é conhecido. As árvores e plantas ficaram por conta de Yavanna, as estrelas foram criadas por Varda, os ventos eram súditos de Manwë, e Ulmo tem controle e poder nas águas. Oromë amava a caça aos seres maléficos de Melkor, enquanto que sua irmã Nessa amava os cervos, e adora dançar sobre a grama. Aulë tem o domínio sobre todos os metais que nascem na terra, além de ser pai e criador dos anões. Mandos e Lórien são irmãos, e enquanto Mandos cuida das Casas dos Mortos e sabe de tudo o que Ilúvatar quis revelar sobre os destinos de Arda, Irmo é o curador dos ferimentos da terra.

Muitas foram as belezas criadas pelos Valar, e muitas e muitas mais foram destruídas por Melkor em sua ganância. O último dos Valar veio para enfrentar Melkor era Tulkas, o mais poderoso na luta. Assim, quando chegaram os elfos o mundo já estava desgastado das guerras.

Como é percebível, Tolkien teve certa semelhança com o cristianismo em sua criação, mas não só com o cristianismo como com qualquer outra religião/mitologia que crê em um ser onipotente. Espero que isso tenha ajudado a entender um pouco sobre a criação do mundo, e prometo que em breve trarei uma postagem sobre os Valar!

0 comentários :

Postar um comentário